Investidor busca segurança e ouro fecha em alta de 0,68%

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em alta nesta quarta-feira, 03, com os problemas de dívida na zona do euro e os conflitos políticos no Egito e em Portugal impulsionando a atratividade do metal precioso como porto seguro.

Agencia Estado

03 de julho de 2013 | 15h25

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para agosto, ganhou US$ 8,50 (0,68%), terminando a US$ 1.251,90 a onça-troy.

"O ouro recebeu atenção de investidores que estão nervosos com o aumento nos custos de empréstimos da Grécia, Espanha e Portugal", disse James West, do Midas Letter Opportunity Fund. "Isso se soma ao apoio que o ouro tem recebido das crescentes tensões no Egito e da transformação da guerra síria em um conflito regional."

Também contribuiu para a alta do ouro a queda do índice de atividade dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços dos EUA, que recuou para 52,2 em junho, de 53,7 em maio. Analistas consultados pela Dow Jones esperavam que o indicador subisse a 54,0. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ourofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.