Investidores ficam de olho nos índices de comércio e imóveis americanos

São Paulo, 26 de janeiro - A agenda de indicadores econômicos está vazia hoje no Brasil. Porém, os investidores deverão repercutir a decisão da noite de quarta-feira do Comitê de Política Monetária (Copom), que reduziu a taxa básica de juros (Selic) em 0,25 ponto porcentual, para 13% ao ano. Isso porque ontem a Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) e a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) não abriram por conta do feriado municipal em São Paulo. Além disso, indicadores dos setores do comércio e de imóveis nos Estados Unidos podem mexer com os preços dos ativos. EUA/Bens Duráveis - O Departamento do Comércio dos Estados Unidos divulga, às 11h30, o indicador de encomendas de bens duráveis em dezembro. EUA/Comércio - O Departamento do Comércio dos Estados Unidos divulga, às 13 horas, os dados de vendas de imóveis residenciais novos em dezembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.