Investidores rolam derivativos e dólar avança sobre real

Às 9h25, o dólar à vista no balcão subia 0,18%, sendo cotado a R$ 2,2440; já o futuro para maio subia 0,22%, cotado a R$ 2,2495

Luciana Antonello Xavier, da Agência Estado,

22 de abril de 2014 | 09h49

O mercado doméstico começa a sessão desta terça-feira, 22, sem força, após os feriados no Brasil e nos principais mercados internacionais. As tensões na Ucrânia seguem preocupando, após, na segunda-feira, 21, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, ter acusado o governo interino da Ucrânia de uma "flagrante violação" ao acordo assinado na semana passada em Genebra, por não desarmar imediatamente os "extremistas" que atuam no país.

Às 9h25, o dólar à vista no balcão subia 0,18%, a R$ 2,2440. O futuro para maio estava em alta de 0,22%, a R$ 2,2495. O viés do dólar era positivo também ante outras moedas emergentes como o rand sul-africano (+0,68%); rupia indiana (+0,30%); peso mexicano (+0,16%) e lira turca (+0,41%).

Conforme apurou o Broadcast, serviço de informações da Agência Estado, os investidores podem começar a fazer a rolagem gradual de suas posições em derivativos cambiais e também a especular se a rolagem de contratos de swap cambial que vencem em maio e que está em curso desde o dia 4 de abril será ou não integral, e isso pode trazer alguma volatilidade aos negócios.

Neste fim de mês, os bancos estão megavendidos em câmbio à vista e futuro ao mesmo tempo em que estão comprados em dólar através dos contratos de swap cambial negociados pelo BC em seus leilões. Os fundos nacionais e investidores estrangeiros, de outro lado, estão comprados líquidos em derivativos cambiais e também estão comprados em dólar via swap cambial.

Às 9h30, o BC realiza a oferta diária de até 4 mil contratos de swap cambial para 01/12/2014 e 02/03/2015, totalizando cerca de US$ 200 milhões em swap cambial. Também hoje, haverá a 11ª tranche da rolagem dos contratos de swap que vencem em 02/05/2014, com oferta de mais 10 mil contratos de swap (cerca de US$ 500 milhões), com data de vencimento para 01/04/2015 e 01/07/2015. O leilão será das 11h30 às 11h40 e o resultado será divulgado a partir das 11h50.

Tudo o que sabemos sobre:
dólarderivativos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.