IPOs devem recomeçar no 2º trimestre, prevê Bolsa

O diretor presidente de BM&FBovespa, Edemir Pinto, espera que o mercado de ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) tenha a sua primeira operação no segundo trimestre deste ano. Segundo ele, os bastidores do segmento estão aquecidos nos bancos de investimento, escritórios de advocacia e na própria bolsa. "O mercado brasileiro aguarda uma grande operação que deve puxar mais ofertas depois de alguns meses sem novas operações", disse ele.

ALINE BRONZATI, Agencia Estado

21 de março de 2012 | 12h59

Para Edemir, o IPO do BTG Pactual pode ser a primeira grande operação do mercado brasileiro de capitais neste ano. Desde julho do ano passado, o mercado não registra ofertas.

Neste ano, Seabras e Brasil Travel chegaram bem perto de estrearem no mercado, mas recuaram. Além delas, CVC e Isolux desistiram de fazer IPO devido às condições do mercado. O executivo voltou a afirmar que a expectativa da bolsa é a de que entre 40 e 45 empresas venham a mercado em 2012 para captar via IPO ou subsequentes (follow on).

Tudo o que sabemos sobre:
IPORETOMADA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.