Itaú Unibanco lidera queda do Ibovespa

Há pouco, os papéis recuavam 5,57%, ante queda de 1,16% do Ibovespa

Beth Moreira, da Agência Estado,

19 de maio de 2010 | 11h00

As ações preferenciais do Itaú Unibanco lideravam a lista de maiores quedas do Ibovespa há instantes, após notícia de que o Bank of America (BofA) venderá a participação de 8,4% das ações preferenciais e 2,5% das ordinárias que detém no banco. Há pouco, os papéis recuavam 5,57%, ante queda de 1,16% do Ibovespa.

 

Com base na cotação de fechamento dos papéis ontem na BM&FBovespa, a participação da instituição norte-americana no maior banco privado brasileiro vale R$ 8,161 bilhões. A participação do BofA em ações ON será vendida diretamente para a Itaúsa, que elevará a participação direta e indireta no capital do Itaú Unibanco de 35,43% para 36,68%. O preço de aquisição de cada ação ON corresponderá ao preço do ADS que será definido na oferta que o BofA fará no exterior pelos papéis PN.

 

Para analistas da XP Investimentos, é esperado que as ações preferenciais se ajustem ao preço das ordinárias. Isso porque a Itaúsa pagará pela ON o mesmo preço da PN. Eles lembram que no fechamento de ontem a diferença entre os dois papéis era de 26%, com a PN cotada a R$ 34,99 e a ON em R$ 27,78. "A tendência é de que a ON se valorize e a PN caia", afirmam.

 

Profissionais da corretora avaliam que o aumento da participação da Itaúsa no controle do banco é positivo, mas destacam que o mercado pode interpretar que a holding está pagando caro por isso. Há pouco, as ações da Itaúsa recuavam 3,39%, figurando entre as maiores quedas do Ibovespa.

Tudo o que sabemos sobre:
bovespaitaú

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.