Jorge Gerdau deixa presidência em janeiro de 2007

O presidente do Grupo Gerdau, Jorge Gerdau Johannpeter, confirmou hoje a intenção de deixar a presidência executiva do conglomerado no começo do ano que vem. Ele ressaltou que o processo sucessório ainda não está definido, mas reconheceu que o filho André Bier Gerdau Johannpeter e o sobrinho Cláudio Gerdau Johannpeter são os dois candidatos da família, explicando que o comando deverá permanecer familiar. "Pesquisa realizada nos Estados Unidos mostrou que um grupo de empresas familiares tem rentabilidade 15% superior às demais", disse ele."A idéia é que em 1º de janeiro eu possa sair da função executiva e permanecer apenas na presidência do Conselho. Na parte institucional, vou continuar atuando e vou sair da rotina da pressão executiva", afirmou Gerdau, antes de participar do evento Doing Business, no Rio de Janeiro.Segundo o empresário, o grupo deverá alcançar produção de 16,5 milhões de toneladas este ano, cerca de 10% acima do ano anterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.