Juro futuro avança, em reação a títulos dos EUA

O contrato de juro para janeiro de 2008 (o mais negociado) fechou a terça-feira em baixa, projetando taxa de 14,56%, contra taxa de 14,56% de ontem. O mercado de juros já esboçava um leve viés de alta na abertura do dia. Mas foi a alta firme dos juros dos títulos do Tesouro dos EUA, invertendo a mão após a divulgação dos dados do Instituto para Gestão de Oferta (ISM), que levou as taxas de juros futuros a subirem mais decisivamente nos contratos de prazos longos, assim como o dólar. O índice de atividade dos gerentes de compras referente ao setor não-industrial (serviços) em abril subiu para 63, de 60,5 em março, surpreendendo os economistas, que previam recuo do índice para 59,0 em abril.

Agencia Estado,

03 de maio de 2006 | 16h08

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.