Juro futuro cai com cenário positivo para inflação

As projeções dos principais contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em queda nesta segunda-feira na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). O DI com vencimento para janeiro de 2007 - o mais negociado - encerrou à taxa de 15,02%, ante 15,11% de sexta-feira. Segundo analistas, a queda de hoje deu continuidade à tendência positiva iniciada na quarta-feira passada, após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que reduziu a taxa básica de juros da economia (Selic) de 17,25% para 16,50%. Desde que três diretores do Banco Central (BC) votaram a favor de um corte de 1 ponto porcentual na Selic e o comunicado da reunião omitiu o trecho sobre acompanhamento atento do cenário de inflação, o mercado aguarda a ata do Copom ancorado numa perspectiva muito positiva. A ata será divulgada na quinta-feira e é o evento mais aguardado da semana pelo mercado de juros. Além disso, a pesquisa Focus, divulgada hoje pela manhã pelo BC, o cenário externo mais tranqüilo desta segunda-feira, a baixa do risco Brasil e o recuo do dólar reforçaram a queda dos juros. O destaque da Focus foi a redução da projeção de inflação para este ano entre as instituições Top 5 (as que mais acertam suas previsões), de 4,50% para 4,39%. A nova previsão ficou abaixo da meta central para o ano (4,50%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.