Juro futuro cai e fecha a 15,65% com melhora externa

O mercado de juros brasileiros aproveitou a sexta-feira para recuperar o que deve da melhora observada ontem no cenário externo, quando aqui os negócios estavam fechados pelo feriado de Corpus Christi. O contrato de depósito interfinanceiro com vencimento para janeiro de 2008 (o mais negociado) recuou e fechou em 15,65%, ante 15,88% de ontem. Ontem, o presidente do Fed, Ben Bernanke, foi o motor do excelente desempenho do mercado norte-americano, quando o Dow Jones subiu 1,83%, o Nasdaq, 2,79% e o S&P 500, 2,12%. Ele indicou que as estimativas de inflação implícitas com base em dados do mercado e medidas com os juros nominais ou indexados à inflação dos títulos do Tesouro dos EUA sugerem redução nas expectativas inflacionárias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.