Juro futuro fica quase estável, à espera do Copom

O contrato de juro para janeiro de 2008 (o mais negociado) fechou a segunda-feira em leve queda, projetando taxa de 14,58%, contra taxa de 14,59% de quinta-feira. Depois do feriadão da Páscoa, o mercado de juros começou a semana do Copom sem muita disposição para negociar. A liquidez foi fraca, a aposta de corte da Selic em 0,75 ponto porcentual é quase um consenso e nenhum fato de peso foi notícia hoje. Notícias boas no campo de inflação até foram anunciadas esta manhã, mas já estão contempladas na perspectiva favorável do mercado para a queda dos juros. O IPC-S da segunda quadrissemana de abril ficou em 0,23%, abaixo do piso das previsões de mercado. Na Focus, a projeção do mercado para o IPCA de 2006 caiu de 4,47% para 4,43% e a de 12 meses à frente, de 4,20% para 4,17%. As duas projeções ficaram, portanto, mais alguns degraus abaixo da meta central para o ano, de 4,50%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.