Juro futuro recua para 13,40% ao ano no início do pregão

As projeções dos juros a partir dos contratos futuros de DI (depósito interfinanceiro) negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) começaram o pregão viva-voz em baixa. O vencimento de janeiro de 2008, que é o mais negociado, projetava às 10h10 taxa de 13,40% ao ano, ante fechamento na sexta-feira passada a 13,42% ao ano. Mas o volume de negócios deve ser pequeno hoje, por causa do feriado que paralisa o mercado de renda fixa nos EUA. Sem essa referência, o mercado doméstico deve operar com menos entusiasmo e de forma mais conservadora. Mas, dizem operadores, se o volume for pelo menos razoável, é provável que haja alguma realização de lucros. Embora o mercado continue apostando que o cenário para juros é positivo, as incertezas em relação ao rumo da economia norte-americana e ao quadro político brasileiro podem garantir um ajuste. "O cenário para juros é de queda, mas haverá momentos de respiro", define um operador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.