Juro futuro sobe um pouco, mas tendência é de baixa

As projeções do juros a partir dos contratos futuros negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) estão em leve alta no início do pregão de hoje, mas segundo operadores, a tendência continua sendo de baixa. A elevação de hoje é atribuída a um movimento de realização de lucros. O que definirá o rumo dos negócios é o fluxo de recursos - que tem garantido queda expressiva dos juros, especialmente dos vencimentos mais longos, nos últimos dias. Às 10h21, o contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2008 projetava taxa de 12,08% ao ano. Ontem, no fechamento da sessão, a taxa estava em 12,07%. O DI de janeiro de 2009 projeta esta manhã taxa de 11,78% ao ano (11,76% ontem). O ambiente do mercado continua otimista diante dos bons números de inflação, do ritmo lento de retomada da atividade econômica, da forte queda do dólar e do clima tranqüilo no exterior. Hoje, mais um indicador mostrou inflação contida: o índice de preços ao consumidor semanal (IPC-S) subiu 0,43% na última semana, ante alta de 0,54% apurada na semana até 15 de fevereiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.