Juro para janeiro de 2008 fecha em queda a 14,80%

O contrato de juro para janeiro de 2008 (o mais negociado) fechou a quarta-feira em queda, projetando taxa de 14,80%, contra taxa de 14,96% de terça-feira. O mercado de juros começou a tarde sensivelmente melhor, em relação à abertura desta quarta-feira. Os juros futuros dos contratos mais líquidos de DI estão, inclusive, abaixo das taxas de fechamento de ontem e dos ajustes para a virada do dia. Depois de iniciar os negócios hoje cedo ainda corrigindo os juros para cima, devido à resistência ao novo ministro da Fazenda, Guido Mantega, o mercado foi melhorando, embora com alguma hesitação por causa dos títulos do Tesouro dos EUA. O juro do título de 10 anos chegou a romper o patamar de 4,80%, mas não se sustentou nesse nível. Além da melhora dos títulos norte-americanos e do dólar comercial (que abriu em alta, mas se recuperou), operadores também citaram a contribuição positiva das declarações do presidente Lula, neste início da tarde, no encerramento do fórum Brasil-Itália. Primeira, a de que não fará mágicas na economia; segunda, a de que não permitirá que a inflação volte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.