Juros de títulos americanos caem com compras antes do fim de semana

Ganhos foram um alívio para investidores que viram onda de venda nesta semana e uma fraca demanda nas ofertas

Suzi Katzumata, da Agência Estado,

26 de março de 2010 | 18h32

Os preços dos Treasuries subiram, com respectiva queda dos juros, com os bônus do governo americano recuperando parte das perdas sofridas na sessão anterior, uma vez que a alta nos yields (taxa de retorno) atraiu compradores para o mercado, segundo traders e analistas.

 

Esses ganhos foram um alívio para um mercado que viu uma onda de venda nesta semana e uma fraca demanda nas ofertas primárias de Treasuries - no total de US$ 118 bilhões -, em meio as preocupações sobre o imenso déficit fiscal dos EUA. O movimento de venda levou os yields (taxa de retorno) a subirem de forma acentuada ao longo da semana, com o juro das T-notes de 10 anos tocando o nível mais alto desde junho de 2009, de 3,934%, na quinta-feira.

 

A alta nos yields dos Treasuries também elevou as taxas hipotecárias nesta semana, uma vez que os Treasuries são a taxa de juro benchmark para os empréstimos hipotecários. Uma persistente alta nas taxas hipotecárias pode abalar a recuperação do mercado de moradia e enfraquecer a perspectiva para a economia mais ampla, que está se recuperando lentamente da pior recessão em décadas.

 

"O mercado de bônus encontrou suporte de curto prazo", disse Ted Ake, chefe de transações com bônus do Société Générale. Os traders também tradicionalmente fecham posições de maior risco antes do final de semana.

 

Apesar da recuperação de hoje, o mercado de bônus encerra semana registrando perdas - em termos de preço - na semana. O yield das T-notes de 10 anos subiram 17 pontos-base na semana.

 

Traders também observaram algum fluxo de busca por segurança em reação as notícias sobre o naufrágio de um navio sul-coreano perto da fronteira com a Coreia do Norte, depois de uma explosão. Um funcionário do Departamento de Defesa dos EUA disse que a causa da explosão era desconhecida e que alguns navios da Marinha americana estavam prontos para prestar assistência.

 

"Sempre que você tem um conflito em potencial, especialmente quando interesses dos EUA estão envolvidos, a fuga para a qualidade tem mérito", disse Kevin Giddis, chefe de renda fixa do Morgan Keegan. Contudo, Giddis acredita que o mercado venha a testar a marca de 4,00% para o yield das T-notes de 10 anos no futuro próximo, possivelmente na próxima semana, com a divulgação do relatório de março do mercado de mão de obra dos EUA.

 

No encerramento da sessão em Nova York, os juros projetados pelos T-bonds de 30 anos estavam em 4,746%, de 4,770% ontem; os juros das T-notes de 10 anos estavam em 3,852%, de 3,888% ontem; os juros das T-notes de 2 anos estavam em 1,051%, de 1,075% ontem. As informações são da Dow Jones.

 

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtreasuriestítulosjuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.