Juros de títulos americanos caem com preocupação sobre Grécia

Os volumes negociados foram extremamente fracos, com os participantes do mercado mantendo a atenção sobre as notícias da Grécia e para uma agenda semanal agitada

Suzi Katzumata, da Agência Estado,

22 de março de 2010 | 18h06

Os preços dos Treasuries subiram modestamente, com respectiva queda dos juros, com os participantes buscando a segurança dos bônus governamentais de baixo risco diante da incerteza quando a um pacote de socorro para a endividada Grécia, segundo traders e analistas.

 

As tradicionais compras antes do final do mês ajudaram a dar suporte à alta dos Treasuries - que se beneficiam da necessidade dos investidores de terem de adquirir bônus para equiparar os ajustes mensais nos índices benchmark. Contudo, traders do mercado de Treasuries disseram que os volumes negociados foram extremamente fracos, com os participantes do mercado mantendo a atenção sobre as notícias da Grécia e se preparando uma agitada semana.

 

O mercado japonês não abriu nesta segunda-feira em observação ao feriado nacional do equinócio da Primavera, o que contribuiu para a queda nos volumes negociados. "A Grécia ajudou, mas também tivemos um volume muito fraco", disse Aaron Kohli, estrategista de bônus do RBS Securities. "O fato de um (pacote de socorro) para a Grécia não estar decidido é problemático", o que deixa os investidores nervosos, disse.

 

No final da semana, a chanceler alemã Angela Merkel afirmou em entrevista para uma rádio que os mercados não devem esperar o encontro de cúpula dos líderes da União Europeia nesta semana resulte em um acordo de ajuda para a Grécia. O primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, também disse que a Grécia tem adotado as medidas necessárias para enfrentar sua crise fiscal e que não entrará em default. A cúpula da UE, em Bruxelas, na quinta e sexta-feira, é vista como fundamental para qualquer pacote formal de ajuda à Grécia.

 

Hoje, o vice-primeiro-ministro grego Theodore Pangalos disse que a UE está em jogo e que se os líderes do grupo falharem em tratar o problema da dívida da Grécia, isso irá prejudicar a integridade da zona do euro.

 

Finalmente, o Departamento do Tesouro programou para esta semana a venda de US$ 118 bilhões em novas notes, começando com uma oferta de US$ 44 bilhões em notes de 2 anos nesta terça-feira.

 

No encerramento da sessão em Nova York, os juros projetados pelos T-bonds de 30 anos estavam em 4,573%, de 4,582% ontem; os juros das T-notes de 10 anos estavam em 3,658%, de 3,699% ontem; os juros das T-notes de 2 anos estavam em 0,968%, de 0,993% ontem. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtreasuriestítulosjuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.