Juros de títulos americanos de longo prazo sobem

Investidores estão apreensivos com novos leilões já que a demanda foi fraca na semana passada

Suzi Katzumata, da Agência EStado,

29 de março de 2010 | 18h56

Os preços da maioria dos Treasuries caíram, com respectivo movimento inverso dos juros, com os bônus governamentais ampliando as acentuadas perdas sofridas na semana passada em meio ao vigor das ações e condições de fraca liquidez, segundo traders e analistas.

 

Os Treasuries de prazos mais longos lideraram as perdas, com os T-bonds de 30 anos sofrendo a maior pressão de baixa. As T-notes de 2 anos, por outro lado, chegaram ao final da sessão com um ganho marginal em termos de preço.

 

Os traders disseram que os Treasuries de prazos mais longos já sentem alguma pressão antes da rodada de leilões primários da próxima semana, que incluirá novas ofertas de T-notes de 10 anos e de T-bonds de 30 anos. Os participantes do mercado estão nervosos com a nova oferta porque a rodada de leilões da semana passada - de T-notes de 2 anos, 5 anos e de 7 anos - atraiu uma demanda mais fraca do que o esperado e o governo teve de pagar mais para colocar os papeis.

 

Traders disseram que um número muito forte de novas vagas abertas em março - o chamado payroll - nesta sexta-feira poderá afugentar alguns participantes do mercado dos leilões primários da próxima semana, uma vez que eles irão ponderar uma recuperação econômica diante de uma oferta recorde de novos títulos da dívida.

 

"À medida que saímos da recessão, haverá uma tendência natural em direção a taxas mais altas e os níveis recordes de oferta vão apenas exacerbar isso", disse Adam Brown, diretor-gerente de transações com bônus do Barclays Capital.

 

Os investidores esperam que o principal evento da semana, o relatório do mercado de emprego, que será divulgado na manhã de sexta-feira, vai mostrar a criação de 203 mil novas vagas em março, segundo a média das previsões dos analistas entrevistados pela Dow Jones. Se confirmado, este seria o segundo e maior aumento no número de vagas desde o início da recessão. Contudo, a previsão para a taxa de desemprego é de estabilidade em 9,7%.

 

No feriado de Sexta-feira Santa, os mercados de ações estarão fechados, mas o de Treasuries funcionará por meio período até às 13h (de Brasília).

 

No encerramento da sessão em Nova York, os juros projetados pelos T-bonds de 30 anos estavam em 4,776%, de 4,746% na sexta-feira; os juros das T-notes de 10 anos estavam em 3,873%, de 3,852% na sexta-feira; os juros das T-notes de 2 anos estavam em 1,042%, de 1,051% na sexta-feira. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtreasuriestítulosjuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.