Juros futuros abrem em leve queda com recuo do IPCA-15

Os juros futuros abriram a sessão desta quarta-feira, 22, em queda moderada, em reação ao resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) abaixo do esperado. O movimento, no entanto, não foi suficiente para mudar as apostas majoritárias em uma aceleração da alta da Selic, para 0,50 ponto porcentual, na reunião do Copom do dia 29 de maio.

FERNANDO TRAVAGLINI, Agencia Estado

22 de maio de 2013 | 09h32

Às 9h19, o contrato de DI para julho de 2013 era negociado a 7,52%, de 7,53% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2014 caía para 8,10%, de 8,13% ontem. O DI para janeiro de 2015 recuava para 8,49%, de 8,52% na véspera.

A inflação medida pelo IPCA-15 registrou alta de 0,46% em maio, após subir 0,51% em abril. O resultado, divulgado há pouco pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo AE Projeções, que esperavam inflação de 0,42% a 0,53%, com mediana de 0,49%. Com o resultado anunciado hoje, o IPCA-15 acumula taxas de 3,06% no ano e de 6,46% em 12 meses até maio.

Tudo o que sabemos sobre:
juros futurosIPCA-15recuo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.