Juros futuros operam com viés de baixa

Os juros futuros recuam na manhã desta terça-feira, 16, especialmente os mais longos, seguindo o dólar e os juros dos Treasuries. Toda a movimentação, no entanto, é moderada, uma vez que os investidores em geral aguardam pelo desfecho da reunião de dois dias de política monetária do Federal Reserve, que começa hoje e, no Brasil, por mais uma pesquisa eleitoral para as próximas horas, a Ibope. As taxas futuras mais longas também monitoram os juros dos Treasuries e o movimento reflete ainda correções dos excessos da alta de sexta-feira.

LUCIANA ANTONELLO XAVIER, Estadão Conteúdo

16 de setembro de 2014 | 10h13

Às 9h31, o DI para janeiro de 2017, o mais negociado, tinha taxa de 11,64%, de 11,69% no ajuste de ontem. o dólar à vista no balcão cedia 0,17%, a R$ 2,3380, na mínima. O juro da T-Note de 2 anos caía a 0,536% e o de 10 anos recuava a 2,536%.

As sondagens reveladas desde a semana passada têm mostrado que o fôlego da candidata pelo PSB Marina Silva era curto e que a presidente Dilma Rousseff (PT), sua principal adversária, está mais forte do que o mercado gostaria reverteu o bom humor motivado pela repentina disparada de Marina após a morte de Eduardo Campos.

A pesquisa Vox Populi/Rede Record, divulgada na segunda-feira à noite, mostrou Dilma com 36% das intenções de voto na primeira rodada do pleito e Marina com 27%. Num segundo turno, ambas aparecem em empate técnico, com Marina com 42% e Dilma com 41%.

Tudo o que sabemos sobre:
juros futurosIbope

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.