Juros recuam levados por fraqueza do dólar

O comportamento do dólar, que abriu o dia em queda, exerce pressão de baixa sobre os juros futuros. Por volta das 9h40, a taxa do contrato de DI para janeiro de 2015 recuava para 11,19%, de 11,22%.

FERNANDO TRAVAGLINI, Agencia Estado

24 de março de 2014 | 10h00

Contribuiu também para esse recuo a desaceleração da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) na terceira quadrissemana de março, a 0,83%, resultado 0,01 ponto porcentual abaixo do registrado na leitura imediatamente anterior, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Ainda assim, as expectativas inflacionárias continuam desancoradas. A Pesquisa Focus mostrou um aumento na expectativa do mercado financeiro para a inflação medida pelo IPCA neste ano, passando de 6,11% para 6,28%. Para o IPCA de março, a projeção passou de 0,62% para 0,83%, o que deve levar o índice a romper a barreira dos 6% no acumulado em doze meses.

Tudo o que sabemos sobre:
jurosdólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.