Latam reduz previsão de margem operacional

A LATAM Airlines informou que revisou seu guidance (metas) para 2014. A nova estimativa de margem operacional para o ano de 2014 caiu para cerca de 4% a 5%. A previsão anterior era de margem de 6% a 8%.

BETH MOREIRA, Agência Estado

21 de julho de 2014 | 09h53

Em nota o grupo explica que o principal motivo para a revisão foi o impacto negativo da Copa de Mundo de futebol, realizada no Brasil entre junho e julho de 2014, que afetou a demanda de passageiros de turismo e negócios em rotas de, para e dentro do Brasil no período.

"Estima-se que o impacto da Copa do Mundo sobre a margem operacional do Grupo LATAM Airlines seja de aproximadamente entre US$ 140 milhões e US$ 160 milhões, devido principalmente à diminuição das receitas", afirma a empresa em nota.

A revisão do guidance, complementa a companhia, considera ainda o efeito negativo da piora do cenário macroeconômico na América Latina, refletindo a tendência de desaceleração do PIB e enfraquecimento das moedas locais de vários países.

"O grupo LATAM Airlines tem administrado esse cenário desafiador com a redução de sua oferta na maior parte dos mercados, especialmente em rotas domésticas dos países de língua espanhola atendidos pela companhia", afirma.

A empresa também alterou sua previsão oferta em assentos-quilômetros oferecidos

(ASK) total para o ano, que passou de -1% e 1% para -2% e 0%. No mercado internacional (longo curso e regional) o guidance agora vai de -3% a -1% ante previsão anterior de -2% a 0%. Para o mercado interno brasileiro passou de 0% para uma faixa entre -2% e 0%. Já a previsão de crescimento de ATK (carga) ficou inalterado em uma faixa de -4% e -2%.

As previsões de taxa média de câmbio caiu de R$ 2,40 para R$ 2,34, enquanto o preço de combustível se manteve em US$ 120 por barril. (

Tudo o que sabemos sobre:
Latam Airlinesmarge

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.