Lei do saneamento facilita relação com municípios, diz Copasa

O diretor financeiro de relações com investidores da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), Ricardo Simões, afirmou hoje que a sanção presidencial ao marco regulatório do saneamento vai tornar a relação entre o poder concedente (municípios) e as concessionárias mais fácil, à medida que as regras estarão definidas. Simões disse também que, embora o texto sancionado hoje pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva só estará disponível na próxima segunda-feira, "a regulamentação do setor por si só é um grande avanço". O executivo disse ter sido informado que houve vetos em relação ao texto aprovado pela Câmara dos Deputados em dezembro, mas desconhece os pontos embargados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.