Libra cai após BoE indicar que juro não sobe por ora

A libra recuou ante o dólar nesta quarta-feira, 14, após o Banco da Inglaterra (BoE) indicar que não deve elevar as taxas de juros antes do esperado.

Agencia Estado

14 de maio de 2014 | 19h17

Em relatório trimestral de inflação, o BoE manteve praticamente inalteradas suas projeções de inflação e de crescimento da economia britânica, sugerindo que a primeira elevação da taxa básica, que na semana passada foi mantida na mínima histórica de 0,5%, deverá vir entre o primeiro e segundo trimestre de 2015.

Mark Carney, presidente do BoE, afirmou que a elevação dos juros deverá ocorrer de forma "gradual e limitada", indicando que as taxas devem permanecer nos níveis atuais por mais algum tempo.

Em resposta, a libra caiu para a mínima do dia frente ao dólar, a US$ 1,6754. "As expectativas eram por um tom mais ''hawkish'', mas não foi isso o que ocorreu, disse Hugo Murphy, trader da Kitco.com.

O dólar, por sua vez, acompanhou a queda nos juros dos Treasuries e recuou ante o iene e o euro. Para analistas do Wells Fargo, a moeda deve oscilar enquanto não houver mais clareza sobre a força da economia dos EUA e a perspectiva para um aumento da taxa de juros pelo Federal Reserve.

No fim da tarde em Nova York, a libra recuava para US$ 1,6770, de US$ 1,6828 ontem. O dólar caía para 101,92 ienes, de 102,28 ienes, e para 0,89 francos suíços, de 0,8904 na sessão anterior. Já o euro tinha alta para US$ 1,3718, de US$ 1,3704 ontem, e caía para 139,76 ienes, de 140,52 ienes. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
MOEDAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.