Libra e Bolsa de Londres caem com indefinição de orçamento

Ministro das Finanças não dá detalhes sobre possível aumento de impostos ou cortes de gastos públicos

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

24 de março de 2010 | 11h56

A libra esterlina, os papéis do Tesouro do Reino Unido e as ações na Bolsa de Londres caíram após o ministro das Finanças, Alistair Darling, apresentar o orçamento anual britânico na Câmara dos Comuns. Como era previsto, diante da proximidade das eleições, o discurso de Darling trouxe poucos detalhes relacionados a aumentos de impostos ou sobre cortes de gastos públicos necessários, se o governo pretende reduzir seu amplo déficit orçamentário. Investidores sabem que o verdadeiro cenário das finanças públicas britânicas não será revelado até as eleições gerais, previstas para o início de junho.

 

Ao invés disso, Darling concentrou-se em descrever as projeções de crescimento econômico já feitas, no relatório pré-orçamento. O governo espera expansão entre 1% a 1,5% do PIB em 2010, enquanto a projeção para 2011 foi reduzida levemente para crescimento de 3% a 3,5%.

 

Entretanto, Darling conseguiu reduzir suas projeções de empréstimos públicos mais do que se esperava. A previsão para a necessidade de empréstimos no ano que vem foi cortada em 13 bilhões de libras, para 163 bilhões de libras, e a projeção de necessidade de empréstimo no acumulado em seis anos foi reduzida em 55 bilhões de libras. Além disso, ao mesmo tempo em que reduziu a previsão de crescimento econômico no ano que vem, Darling previu queda mais profunda no déficit estrutural do orçamento, de 8,4% do PIB este ano para 2,5% no ano 2014-2015.

 

Logo após o discurso de Darling, o Escritório de Administração da Dívida Britânica anunciou a venda de 187,3 bilhões de libras em gilts (título do Tesouro britânico) no ano financeiro 2010/2011, para captar um volume líquido de 185,4 bilhões de libras esterlinas.

 

Mas o anúncio praticamente não causou reação no mercado de gilts e próximo às 11h (de Brasília), a taxa de rendimento do gilt de 10 anos subia levemente para 3,944%. Às 11h37 (de Brasília), a libra esterlina caía para US$ 1,49061, de US$ 1,4926 pouco antes do início do discurso de Darling, e a Bolsa de Londres perdia %. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino UnidoLondresbolsal libraDarling

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.