Libra em queda forte depois do resultado PIB britânico

Produto Interno Bruto do Reino Unido sofreu contração de 0,5% no quarto trimestre - a primeira desde 2009

Renato Martins, da Agência Estado,

25 de janeiro de 2011 | 11h16

A libra está em queda diante das principais moedas, depois de o Reino Unido anunciar que o PIB do país sofreu uma contração de 0,5% no quarto trimestre - a primeira desde 2009. "Isso muda o jogo, no sentido de minar a tendência da libra. Agora, ela deverá ficar entre US$ 1,55 e US$ 1,60. Não significa que ela vá entrar em queda livre", disse o estrategista Daragh Maher, do Crédit Agricole.

Para Maher, "os dados do PIB são um lembrete para os mercados de que a economia do Reino Unido não está tendo um desempenho brilhante. Ela ainda está vulnerável. Havia uma fixação recente do mercado em relação à inflação, o que nunca foi justificado. À luz desses dados da atividade econômica, o Banco da Inglaterra não deverá elevar as taxas de juro".

O euro, por sua vez, recuou logo depois da divulgação dos dados do PIB do Reino Unido, depois de ter alcançado a máxima de US$ 1,3688, em reação ao sucesso do primeiro leilão de bônus do Programa Europeu de Estabilidade Financeira (EFSF). A demanda pela emissão de € 5 bilhões em bônus para 2016 alcançou € 43 bilhões.

Às 10h50 (de Brasília), a libra estava cotada a US$ 1,5762, de US$ 1,5990 ontem no fim da tarde; o euro estava cotado a US$ 1,3608, de 1,3638 ontem. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.