Libra sobe com BOE; euro não sustenta ganho ante dólar

Por volta das 13h30 (de Brasília), a libra estava em US$ 1,5618, de US$ 1,5572 na tarde de ontem

Regina Cardeal, da Agência Estado,

18 de agosto de 2010 | 13h31

A libra esterlina subiu em relação ao dólar depois que a ata do Banco da Inglaterra (BOE, na sigla em inglês) pintou um quadro econômico mais positivo do que se esperava para a economia britânica. O euro, por sua vez, recua frente ao dólar, após não conseguir sustentar os ganhos acima de US$ 1,29. O iene continuou avançando ante a moeda norte-americana.

 

No Reino Unido, com os efeitos do orçamento restritivo pesando sobre as expectativas de crescimento futuro, alguns analistas esperavam que o Comitê de Política monetária do BOE tivesse discutido uma expansão do chamado afrouxamento quantitativo - o programa de compra de bônus do governo para estimular a economia. A ata divulgada hoje, no entanto, mostrou que o comitê considerou argumentos tanto para afrouxar quanto para apertar a política monetária na reunião de agosto, mas oito de seus membros decidiram, por fim, manter a política inalterada, com apenas um discordante, que queria elevar o juro.

 

O euro, que superou US$ 1,29 com a boa demanda nos leilões de dívida do governo de Portugal e da Alemanha, não conseguiu manter o avanço. Os investidores ainda se preocupam com Grécia, o epicentro original da crise da dívida soberana da Europa, disse Win Thin, estrategista de câmbio da Brown Brother Harriman, em Nova York. O custo de assegurar a dívida do governo da Grécia contra um eventual default continua elevado, disse Thin. Isso limita o potencial de alta do euro, acrescentou.

 

O iene segue subindo ante o dólar. Embora não achem que a alta do iene represente uma ameaça à economia, autoridades do banco central do Japão (BOJ, na sigla em inglês) estão prontas para considerar passos monetários adicionais se a moeda disparar ou se os políticos ampliarem suas pressões para que o BC atue, disseram fontes próximas à situação à Dow Jones.

 

Por volta das 13h30 (de Brasília), a libra estava em US$ 1,5618, de US$ 1,5572 na tarde de ontem. Na máxima, a libra chegou a US$ 1,5687. O euro estava em US$ 1,2875, de US$ 1,2879 ontem. O dólar estava em 85,34 ienes, de 85,50 ienes. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
eurodólarlibra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.