Libra tem máxima intraday, de US$ 1,5877, com revisão da S&P e PIB

Agência de classificação de risco revisou a perspectiva do rating do Reino Unido de negativo para estável, enquanto PIB do país avançou 0,8% entre julho e setembro

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

26 de outubro de 2010 | 09h04

A libra é negociada numa nova máxima intraday nesta terça-feira, impulsionada pela notícia de que agência de classificação de risco Standard & Poor's revisou a perspectiva do rating Reino Unido de negativo para estável.

A moeda já tinha recebido suporte mais cedo com a divulgação dos dados do Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido, que mostraram um crescimento de 0,8% entre julho e setembro, depois de uma atípica expansão trimestral de 1,2% entre abril e junho.

Às 9h (de Brasília), a libra operava a US$ 1,5877, na máxima intraday, de US$ 1,5732 no fim da tarde de segunda-feira. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.