Linha Honda CB 500 é porta de entrada no mundo da alta cilindrada
Conteúdo Patrocinado

Linha Honda CB 500 é porta de entrada no mundo da alta cilindrada

Aperfeiçoadas no modelo 2020, a naked CB 500F e a aventureira CB 500X são ideais para quem quer sua primeira moto grande

Honda Motos, Media Lab Estadão
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

07 de julho de 2020 | 18h52

Apresentada há sete anos no mercado brasileiro, a linha Honda CB 500 tornou-se um sucesso de vendas e de crítica. Composta pela CB 500F, moto naked mais vendida da categoria acima de 450 cc, e pela aventureira CB 500X, as motos tornaram-se unanimidade entre seus usuários, sobretudo dos novatos que encontraram em nelas os modelos ideais para ascender à alta cilindrada.

Ambas foram renovadas no modelo 2020. Entre as novidades, destaque para o inédito painel digital, com tela de LCD black out, como nos smartphones. Agora, além de velocímetro, marcador de combustível e conta-giros, o motociclista conta com a facilidade do indicador de marcha e da luz alerta Shift-Up, que lampeja no momento ideal para subir de marcha.

A família Honda CB 500 compartilha itens fundamentais como motor e chassi, mas que dão origem a motocicletas de personalidades distintas -- uma crossover aventureira e uma naked esportiva. Certamente, uma delas combina com quem está buscando sua primeira moto grande.

As qualidades da aventureira Honda CB 500X foram reforçadas no modelo 2020, que adotou roda dianteira de 19 polegadas – a novidade amplia a capacidade da moto encarar terrenos ruins com mais segurança e desenvoltura. Já a CB 500F 2020 atende de modo ainda mais completo os fãs do estilo essencial e agressivo das naked, que tem na maneabilidade seu grande destaque.

Motor e câmbio

Com dois cilindros paralelos, exatos 471 cm³ de capacidade, refrigeração líquida e duplo comando no cabeçote (DOHC), o propulsor foi aperfeiçoado no modelo 2020 para entregar mais torque e potência em médias rotações.

O motor alimentado por injeção eletrônica oferece uma resposta progressiva ao acelerador, até atingir o pico de 50,4 cv de potência máxima a 8.500 rpm e 4,53 kgf.m de torque a 6.500 rpm. Na prática, isso se traduz em uma aceleração linear – característica ideal para quem está em sua primeira moto de alta cilindrada. 

O câmbio de seis velocidades ganhou uma nova embreagem, do tipo deslizante com acionamento assistido. O resultado são trocas de marchas mais suaves com engates ainda mais precisos. A nova tecnologia também facilita a troca de marchas e garante mais segurança, pois evita o travamento da roda traseira nas reduções.

Ciclística e freios

Na parte ciclística, a grande mudança foi na CB 500X, que agora tem roda de 19 polegadas na dianteira, e teve o curso das suspensões ampliado. Na dianteira, o garfo telescópico convencional tem tubos de 41 mm de diâmetro e regulagem na pré-carga da mola. O curso é de 120 mm na CB 500F e 150 mm na CB 500X (aumento de 10 mm em relação à versão anterior).

Já a suspensão traseira se vale de um novo conjunto mola-amortecedor de tubo único e com maior diâmetro, regulável em cinco posições na pré-carga da mola. Ligado à balança por meio de links, proporciona curso de 119 mm na CB 500F, enquanto na CB 500X o curso na traseira é de 135 mm (17 mm a mais do que a versão anterior).

Os freios contam com disco simples tipo margarida - diâmetro de 320 mm na 500F e 310 mm na 500X – com pinça de pistão duplo, na dianteira. Já na traseira, o disco tem 240 mm de diâmetro e pinça de pistão único.

Os dois modelos vêm de série com sistema ABS de dois canais para proporcionar frenagens com mais controle. Até mesmo em pisos escorregadios. A tecnologia a serviço da segurança.

Para assegurar uma pilotagem mais segura, a linha CB 500 2020 incorporou o inédito “alerta de frenagem de emergência ESS”. No caso de uma frenagem brusca, o alerta de parada de emergência aciona o pisca-alerta automaticamente para avisar o condutor que vem atrás.

Na CB 500F, as rodas de liga leve têm 17 polegadas e seis raios em formato de Y, equipadas com pneus sem câmara nas medidas 120/70-ZR (dianteira) e 160/60-ZR (traseira).

Já a aventureira CB 500X tem rodas de liga leve com sete raios duplos, mas com aro de 19 polegadas, na dianteira. Para ajudar a enfrentar uma estrada de terra, os pneus são de uso misto (on/off) nas medidas 110/80R (dianteira) e 160/60R (traseira).

Design e praticidade

Basta colocar os olhos para notar a renovação na família Honda 500 em 2020. Ambas ficaram mais modernas e ganharam sistema de iluminação full-LED – farol, lanterna e luzes de direção agora usam LEDs.

Na CB 500X, o caráter aventureiro foi exaltado por meio de formas mais angulosas, além de um tanque maior de 17,7 litros, que garante autonomia para viajar.

E por falar em viagens, o assento da CB 500X tem dois níveis e foi redesenhado para proporcionar conforto para piloto e garupa. O guidão, mais plano e alto, oferece bom raio de esterço e ajuda as manobras em baixas velocidades. O para-brisa alto que protege o condutor do vento, está fixado a uma barra metálica tubular que permite a montagem de sistemas de navegação acima do painel.

O novo design da CB 500F buscou deixar o modelo mais agressivo, dando-lhe característica de uma verdadeira streetfighter, como são chamadas as motos naked (sem carenagem) personalizadas. O conjunto ótico frontal faz com que a CB 500F tenha um "olhar" penetrante. E as aletas laterais, mais integradas ao tanque de combustível (agora com 17,1 litros), deixam o motor em evidência.

Em ambas, foi adotado um inédito painel LCD blackout (de fundo preto, como nos smartphones) que traz indicador digital de marcha engatada e uma luz alerta “Shift-Up”, que pisca no momento certo para subir de marcha e aproveitar o bom desempenho do motor.

Garantia de três anos

As Honda CB 500F e CB 500X 2020 têm garantia de três anos, sem limite de quilometragem, além do Honda Assistance (Assistência 24 horas) durante o período que durar a garantia.  

A família CB 500 já está à venda nas concessionárias de todo o Brasil. A CB 500F está disponível nas cores laranja metálico, prata metálico e vermelho perolizado, e o preço sugerido é de R$ 27.976. Já a CB 500X, que tem preço sugerido de R$ 30.057, será vendida nas cores prata metálico, preto perolizado e vermelho perolizado.

Acesso Honda Motos e conheça um pouco mais sobre os modelos CB500F e CB500X.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.