Lucro da Antofagasta cai para US$ 331 mi no 1º sem

O lucro líquido da mineradora chilena Antofagasta caiu 16% no primeiro semestre deste ano para US$ 331 milhões, em relação ao mesmo período de 2013. Segundo a empresa, o resultado foi afetado pela queda do preço de venda do cobre, mas a expectativa de produção no ano não foi alterada.

Estadão Conteúdo

26 de agosto de 2014 | 04h49

No período, as vendas caíram 4,2% para US$ 2,66 bilhões, enquanto o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) ficou em US$ 1,13 bilhões, 11,5% abaixo do registrado no primeiro semestre do ano anterior.

O resultado sofreu o impacto da redução de 2,2% no preço médio do cobre, além da desvalorização do ouro e de uma diminuição de 4,4% na produção devido aos níveis mais baixos na atividade das minas de Los Pelambre e de Esperanza. O custo de acordos trabalhistas também afetou o desempenho no período.

A companhia reafirmou a meta de produção de 700 mil toneladas de cobre neste ano. Às 04h28 (de Brasília), as ações da empresa eram negociadas na bolsa de Londres em queda de 1,9%, a 792 centavos de Libra. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Antofagastalucromineradora

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.