Lucro da Braskem cai 88% em 2006 e fica em R$ 84 milhões

A petroquímica Braskem registrou lucro líquido de R$ 84 milhões em 2006, uma queda de 88% sobre os R$ 711 milhões do ano anterior. A receita líquida caiu 2%, para R$ 11,811 bilhões, e o lucro bruto diminuiu 25%, para R$ 1,880 bilhão.O lucro operacional antes do resultado financeiro diminuiu 40%, para R$ 891 milhões, e o resultado financeiro líquido negativo aumentou 33%, para R$ 907 milhões. A companhia passou de lucro operacional de R$ 800 milhões para prejuízo de R$ 16 milhões.A Braskem teve Ebitda (lucro antes de despesas com juros, impostos e. Depreciação) de R$ 1,661 bilhão em 2006, com queda de 25%, sobre os R$ 2,211 bilhões do ano anterior. A margem Ebitda caiu 4,3 pontos porcentuais, de 18,4% para 14,1%. As informações são consolidadas.A Braskem, controlada pelo grupo Odebrecht, é a maior empresa petroquímica da América Latina. Suas ações são negociadas nas Bolsas de Valores de São Paulo (Bovespa), Nova York e Madrid. Tem 13 fábricas no Brasil, localizadas em Alagoas, Bahia, São Paulo e Rio Grande do Sul. A empresa produz petroquímicos básicos como eteno, propeno e benzeno, além de gasolina e GLP (gás de cozinha). No segmento de resinas termoplásticas, produz polietileno, polipropileno, PVC e PET.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.