Lucro da IBM sobe 28% no 2ºtri, para US$ 4,14 bi

A International Business Machines (IBM) registrou lucro líquido de US$ 4,14 bilhões (US$ 4,12 por ação) no segundo trimestre deste ano, alta de 28% ante lucro de US$ 3,23 bilhões (US$ 2,91 por ação) no mesmo período do ano passado. A receita da companhia, por outro lado, caiu 2,2%, para US$ 24,36 bilhões.

STEFÂNIA AKEL, Agência Estado

17 de julho de 2014 | 17h37

O lucro operacional subiu para US$ 4,32 por ação, de US$ 3,22. Analistas consultados pela Thomson Reuters previam lucro operacional de US$ 4,29 por ação e receita de US$ 24,13 bilhões. O resultado melhor que o esperado foi impulsionado por medidas de reestruturação, mas esse foi o nono trimestre consecutivo de queda na receita da IBM em bases anuais.

Esta semana, a IBM e a Apple informaram que vão atuar juntas na criação de aplicativos de negócios e venda de iPhones e iPads para clientes corporativos. O acordo ajuda a Apple a levar o iPhone e o iPad - já difundidos entre os consumidores - para o mundo dos negócios, enquanto a IBM busca direcionar seu software de negócios aos dispositivos móveis cada vez mais usados pelos funcionários.

As ações da IBM fecharam em alta de 0,07% o pregão de hoje na bolsa de valores de Nova York. No after hours, os papéis da companhia recuavam 0,85%. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Tudo o que sabemos sobre:
IBM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.