Lucro da Nokia cai para 1,07 bilhão de euros

A fabricante finlandesa de celulares e equipamentos de telecomunicação Nokia registrou lucro líquido de 1,073 bilhão de euros (US$ 1,32 bilhão), ou 25 centavos de euro por ação, no quarto trimestre de 2005, 0,9% menos que o 1,083 bilhão de euros registrado um ano antes. De acordo com a empresa, o forte desempenho na divisão multimídia não foi suficiente para compensar o fraco resultado das unidades de redes wireless e negócios. No trimestre encerrado em 31 de dezembro de 2005, as vendas da Nokia totalizaram 10,3 bilhões de euros, 9,3% mais que em igual período de 2004. Analistas esperavam lucro líquido de 1,06 bilhão de euros e vendas de 10,6 bilhões de euros, de acordo com pesquisa da SME Direkt. China e Índia impulsionaram as vendas de celulares no ano passado. A Nokia avalia que a comercialização de aparelhos nestes dois mercados totalizou 795 milhões de unidades, 24% mais que em 2004. A unidade de redes da Nokia, no entanto, continua "minando" os resultados, com queda de 12% no lucro operacional no quarto trimestre, com prejuízo operacional de 136 milhões de euros, ante prejuízo de 44 milhões de euros no quarto trimestre de 2004.

Agencia Estado,

26 de janeiro de 2006 | 16h52

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.