Lucro da Rio Tinto sobe para US$ 4,4 bi no 1º semestre

A mineradora Rio Tinto anunciou lucro líquido no primeiro semestre deste ano de US$ 4,4 bilhões, mais do que o dobro dos US$ 1,72 bilhão registrados no mesmo período de 2013.

Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2014 | 08h33

A empresa informou também que reduziu sua dívida em mais de US$ 2 bilhões com a venda de polos produtores minerais. As reservas anualizadas subiram para US$ 3,2 bilhões, o que resultou na redução da dívida líquida para US$ 16,1 bilhões, de US$ 18,1 em dezembro de 2013.

A lucratividade da companhia com minério de ferro subiu para 10% no primeiro semestre deste ano, com o lucro bruto chegando a US$ 4,7 bilhões, ante US$ 4,27 bilhões de janeiro a junho do ano anterior. O resultado conseguiu compensar a queda do preço do minério no mercado, que desvalorizou cerca de 30% desde o começo de 2014.

De acordo com Sam Walsh, executivo chefe da Rio Tinto, a segunda maior produtora de ferro do mundo, atrás apenas da brasileira Vale, a intenção é reduzir os custos para investir em novos projetos focados em minério de ferro e carvão. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
AutráliaRio Tintolucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.