Lucro líquido da Fortescue sobe 56% no ano fiscal

A mineradora Fortescue, a quarta maior exportadora mundial de minério de ferro, registrou um lucro líquido de US$ 2,73 bilhões no ano fiscal encerrado em junho, impulsionado por um aumento da produção das minas no estado australiano de Pilbara, que compensaram uma queda acentuada recente dos preços do minério de ferro. O resultado é 56% maior do que o registrado em junho do ano passado.

AE, Estadão Conteúdo

20 de agosto de 2014 | 00h06

O resultado veio melhor do que a expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que esperavam um lucro líquido de US$ 2,71 bilhões.

A empresa informou ainda que irá pagar um dividendo de 10 centavos de dólar australiano por ação neste trimestre. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
AUSTRÁLIAFORTESCUELUCRO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.