Lucro líquido da Smiles no 2º tri soma R$ 64,1 mi

A Smiles, gestora do programa de milhagens da empresa aérea Gol, registrou lucro líquido de R$ 64,1 milhões no segundo trimestre de 2014, o que corresponde a uma alta de 32,7% na comparação com igual período do ano passado.

FÁTIMA LARANJEIRA, Estadão Conteúdo

31 de julho de 2014 | 17h46

O lucro operacional alcançou R$ 49,0 milhões, expansão de 17,8% na mesma base de comparação. A margem operacional ficou em 32,2%, abaixo dos 36,8% reportados no segundo trimestre do ano passado. A receita líquida da companhia somou R$ 152,3 milhões entre abril e junho, avanço de 34,5%.

Já as despesas operacionais avançaram 28,2%, para R$ 22,401 milhões, principalmente pelo aumento de R$ 2,0 milhões em despesas administrativas de prestação de serviços, relacionadas a consultorias, e aumento de R$ 700 mil em despesas comerciais de publicidade, complementado por R$ 400 mil referentes a variações de outras despesas.

A Smiles reportou ainda resultado financeiro líquido de R$ 49,956 milhões, composto principalmente pelos descontos obtidos de R$ 38,1 milhões, referentes à compra antecipada de passagens com a VRG Linhas Aéreas, subsidária integral da GOL, e pela receita de R$ 12,0 milhões referente aos ganhos com aplicações financeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
Smilesbalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.