Madri, Paris, Bruxelas e Luxemburgo suspendem ações da Arcelor

A negociação de ações da siderúrgica Arcelor SA, grupo com sede em Luxemburgo, está suspensa nos mercados de Madri, Paris, Bruxelas e Luxemburgo. A comissão de valores mobiliários espanhola não explicou o porque da decisão ou quando a suspensão terminará. Em Paris, as ações da Arcelor foram suspensas a pedido da comissão de valores mobiliários francesa, que solicitou mais informações sobre a posição atual da proposta de fusão do grupo com a russa Severstal.Os reguladores dos mercados financeiros da Bélgica e de Luxemburgo informaram que as transações com o papel da siderúrgica foram suspensas em razão do alto grau de incerteza sobre a evolução do plano de fusão entre as duas companhias.Ainda não está claro quando as negociações serão retomadas. Normalmente, a suspensão é interrompida assim que a empresa divulga as informações solicitadas. A Arcelor responde aos reguladores de quatro mercados - Luxemburgo, Bélgica, França e Espanha - e todos devem entrar em consenso antes de permitir que a ação volte a ser negociada. Pela manhã, a siderúrgica russa confirmou ter proposto aos executivos da Arcelor melhores termos para seu acordo de fusão anunciado em 26 de maio. As informações são da agência Dow Jones.

Agencia Estado,

21 de junho de 2006 | 09h37

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.