Maior parte dos ADRs negociados em NY fecha em alta

Índice Brazil Titans fechou em queda de 53,42 pontos (0,15%), aos 35.125,67 pontos

Clarissa Mangueira, da Agência Estado ,

25 de maio de 2011 | 18h10

A maior parte dos recibos de ações de empresas estrangeiras negociados em Nova York fechou em alta, em linha com outros mercados, liderados por papéis de bancos europeus. O índice de ADRs do Bank of New York subiu 0,77 ponto (0,6%), para 140,78 pontos.

Os recibos dos bancos alemães registraram ganhos, depois que a agência de classificação de risco Fitch afirmou que não prevê qualquer ação de rating para os bancos alemães em consequência direta da exposição dessas instituições à dívida soberana da Grécia. Deutsche Bank (+1,8%), Commerzbank (+2,6%) e Allied Irish Banks (+2,7%).

O índice de ADRs europeus subiu 0,7%, para 130,95 pontos.

Os recibos da companhia de biotecnologia Elan Corp. subiram 7,7%, após anunciar que formou uma parceria estratégica com a Proteostasis Therapeutics a descoberta e o desenvolvimento de medicamentos para o tratamento de doenças neurodegenerativas, como Parkinson, Huntington e esclerose múltipla.

BG Group teve alta de 1,9%. O banco Société Générale iniciou a cobertura da produtora de petróleo e gás, concedendo rating "compra" para as ações da companhia.

O índice de ADRs asiáticos subiu 0,6%, para 134,72 pontos.

Os ADRs da Focus Media Holding avançaram 1,9%, após a companhia reportar que saiu de prejuízo para lucro no primeiro trimestre, superando previsões de analistas.

Canon Inc. ganhou 2,4% com anúncio que comprará de volta até 1,2% de suas ações por até 50 bilhões de ienes, como parte de medidas para melhorar sua eficiência de capital e para planos estratégicos, incluindo um possível swap de ações.

O índice de ADRs latino-americanos caiu 0,77 ponto (0,2%), para 397,52 pontos. O índice Brazil Titans fechou em queda de 53,42 pontos (0,15%), aos 35.125,67 pontos.

Os ADRs do Pão de Açúcar caíram 1,2%, após a companhia negar relatos de que estaria negociando uma possível fusão com as operações local do Carrefour. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ADRsrecibosações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.