Maioria das bolsas européias fecha com valorização

A maioria dos mercados de ações europeus fechou em alta hoje, embora o declínio dos preços do petróleo tenha tirado um pouco do brilho dos ganhos iniciais, segundo operadores e analistas. A maioria das ações de companhias do setor de petróleo, como a BP Amoco, subiram pela manhã, depois da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) ter anunciado um corte acima do esperado na produção do grupo, compensando a abertura desigual do mercado de ações em Nova York. Na Bolsa de Londres, as ações da BP fecharam em alta de 0,25%. O índice FT-100, da bolsa londrina, sensível às variações do petróleo, fechou quase estável, com uma perda de 0,80 ponto, ou 0,01%, com 6.155,2 pontos. A fraqueza das ações do setor bancário, tais como a queda de 1,06% dos papéis da Lloyds TSB, pesou sobre o FT-100 e novos indicadores econômicos parecem ter aumentado as chances de um aumento do juro no Reino Unido em novembro. O Escritório Nacional de Estatística informou que o PIB do Reino Unido cresceu 0,7% no terceiro trimestre, com um crescimento econômico de 2,8% sobre uma base anual. Outras bolsas européias conseguiram sustentar a maior parte dos ganhos do dia. Em Frankfurt, o índice Xetra-Dax subiu 25,40 pontos, ou 0,41%, e fechou com 6.202,82 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 avançou 15,61 pontos, ou 0,29%, e fechou com 5.375,35 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 registrou ganho de 94,30 pontos, ou 0,70%, e fechou com 13.558,00 pontos. A Bolsa de Milão encerrou com o índice S&P/MIB em alta de 30 pontos, ou 0,08%, com 39.469 pontos. Em Lisboa, o índice PSI-20 teve valorização de 21,07 pontos, ou 0,20%, e terminou o dia com 10.463,99 pontos. As ações de companhias européias devolveram parte dos ganhos do dia depois da aberta desigual de Wall Street, que refletiu o alerta de lucro da Caterpillar em contraste com os lucros muito melhores que as expectativas do Google. As ações do Corus Group caíram 1,04% na Bolsa de Londres, com os investidores expressando seu desapontamento com o acordo em que a companhia concordou em ser comprada pela Tata Steel por 4,3 bilhões de libras (cerca de US$ 8 bilhões). As ações do grupo aeroespacial sueco Saab AB subiram 3,6% depois da companhia ter anunciado lucro que ficou no topo das expectativas dos analistas no terceiro trimestre. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.