Mandarin Airlines escolhe jatos da Embraer para compor futura frota

A Mandarin Airlines escolheu os E-Jets EMBRAER 190 e EMBRAER 195 como os principais aviões que comporão sua futura frota. Em nota, a companhia brasileira diz que a Mandarin inicialmente decidiu comprar oito jatos, sendo três 190 e cinco 195, por meio de um contrato de leasing operacional assinado com a GE Commercial Aviation Services (GECAS). Essas encomendas virão da atual carteira de pedidos da GECAS. Ambos os E-Jets serão configurados para oferecer serviços em classe única. O EMBRAER 190 terá 104 assentos e distância de 79 cm entre as fileiras de poltronas. O EMBRAER 195 terá 116 lugares com a mesma distância entre as fileiras. A entrega dessas novas aeronaves está programada para começar no segundo trimestre de 2007. Além de substituírem os aviões Fokker 100 e Fokker 50 em rotas domésticas, a empresa aérea sediada em Taipei usará os E-Jets de nova geração para desenvolver rotas curtas em mercados intra-regionais por toda a Ásia. Juntamente com o fechamento do negócio com a Mandarin, a Embraer irá significativamente expandir sua rede de suporte ao produto na região da Ásia Pacífico, por meio do estabelecimento de um centro logístico de peças de reposição e da instalação de um simulador de vôo na região. ?Estamos na fase final do processo de escolha dos lugares para a construção desta estrutura, que objetiva aumentar o apoio à Mandarin e aos clientes de E-Jets na região. Essas instalações entrarão em operação antes do segundo semestre de 2007,? diz Frederico Fleury Curado, vice-presidente executivo para o mercado de aviação comercial da Embraer, na nota. Com sede em Taipei, a Mandarin Airlines foi estabelecida em 1991 com o propósito de operar vôos internacionais. A partir de uma fusão com a Formosa Airlines em 1999, a empresa aérea aumentou significativamente sua presença no mercado doméstico de Taiwan. Hoje, a Mandarin é subsidiária da China Airlines e está prestes a aproveitar oportunidades de expansão em rotas intra-regionais. A Mandarin atualmente realiza 65 partidas diárias a 19 destinos em Taiwan e região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.