Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Mantega discute com Dilma situação da Argentina

Em um retorno inesperado a Brasília na manhã desta sexta-feira, dia 20, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que estava em São Paulo - como é recorrente às sextas-feiras - reuniu-se com a presidente Dilma Rousseff em meio à preocupação da equipe econômica com a situação da Argentina.

LAÍS ALEGRETTI, Agência Estado

20 de junho de 2014 | 20h25

Sem um diagnóstico preciso da extensão da crise, a Fazenda monitora o país vizinho e "aguarda os próximos passos do governo da presidente Cristina Kirchner", como informou uma fonte da área econômica. No entanto, por ora, a avaliação é que a situação da Argentina é um problema localizado e sem efeitos sistêmicos, que não contaminaria o Brasil.

"O governo argentino ainda está avaliando a situação e o que pode ser feito em relação à decisão dos Estados Unidos, então ainda é precipitado fazer qualquer avaliação mais profunda", informou a fonte.

Oficialmente, o Planalto silenciou sobre o tema do encontro, que não estava programado. Na quarta-feira, Mantega disse que "não podemos nos precipitar" quanto a conclusões envolvendo a situação da Argentina. Em seguida, ele reforçou: "Estamos dentro da normalidade".

Tudo o que sabemos sobre:
MantegaDilmaArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.