Medial sustenta segundo maior giro na Bovespa

As ações da Medial Saúde, em seu primeiro dia de negócios na Bolsa paulista, têm alta discreta, de 0,93%, e o segundo maior giro financeiro, de R$ 84,664 milhões. A Credit Suisse corretora, responsável pelas atividades de estabilização do papel, é o maior comprador. Em todas as estréias, o estabilizador costuma ser o destaque em compras. Até as 13h25, havia 2.095 negócios envolvendo 3.879.800 ações da Medial ao preço médio de R$ 21,74. Sempre em posições líquidas, apareciam na compra o Credit Suisse, com saldo de 2.459.400 ações, seguido de longe pelo Citibank, com 400.000 e pela Socopa, com 7.800. Na venda, destacavam-se: Ágora, com 568.900 líquidos, Intra, com 449.800, e UBS, com 322.000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.