Medidas cambiais podem desvalorizar dólar, diz M. Safra

As medidas cambiais anunciadas ontem pelo ministro Guido Mantega podem levar a uma desvalorização do dólar frente ao real no longo prazo. Esta é a avaliação do economista-chefe do Banco M. Safra, Marcelo Fonseca, e contradiz a afirmação de Mantega e também do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, de que as medidas ajudariam a atenuar a valorização da moeda brasileira. A análise de Fonseca leva em consideração que as medidas anunciadas hoje tornarão as empresas nacionais mais competitivas, aumentando o volume das exportações. ?E isso representaria um ingresso maior de dólares para o País, levando o real a ficar mais valorizado?, afirmou. As medidas funcionariam, portanto, segundo o economista do M. Safra, como um estímulo ao exportador porque os custos das vendas seriam menores. Já Mantega estimou ontem que, com as novas medidas, inicialmente 15% das receitas com exportação deverão permanecer no exterior, o que pode "atenuar a valorização do real". Ele rejeitou a idéia, contudo, de que o governo estivesse criando o pacote de medidas cambiais visando enfraquecer o real. Para Furlan, não apenas o pacote cambial, mas também um novo financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deverá reduzir a valorização do real. "No médio prazo, certamente haverá uma mudança", comentou. Furlan antecipou ontem que o banco vai apresentar hoje uma linha de financiamento pré-embarque às exportações com recursos em real, corrigidos pela Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP). O financiamento será ofertado, inicialmente, ao setor automotivo, mas poderá ser estendido no futuro a outros setores, comentou Furlan. "O conjunto de medidas vai mostrar uma menor velocidade de internação de dólares", afirmou o ministro. Ele acredita que tanto o pacote cambial quanto a nova linha do BNDES ajudarão a reduzir a oferta de dólares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.