Medidas para redução do spread bancário devem ser conhecidas hoje

São Paulo, 5 de setembro - Os investidores estarão de olho hoje na reunião extraordinária do Conselho Monetário Nacional, em que serão votadas as medidas para redução do spread bancário. Além disso, o mercado financeiro conhece hoje os números da produção industrial de julho. Após queda em junho, a expectativa consensual do mercado é de que o mês de julho tenha apresentado crescimento de 1% na produção. Nenhum indicador importante está previsto para ser divulgado nos Estados Unidos. CMN/Reunião - O Conselho Monetário Nacional reúne-se hoje, extraordinariamente, para votar as medidas para redução do spread bancário (diferença entre a taxa de captação pelo banco e a taxa de empréstimo cobrado por ele) e incentivo ao crédito imobiliário. IBGE/Indústria - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresenta às 9h30 o resultado da produção industrial em julho. Em junho, houve queda de 1,7% na produção da indústria nacional. Fipe/IPC - A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulga às 7 horas o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de agosto. No período anterior, o índice apresentou inflação de 0,25%. EUA/Discurso - O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Rodrigo de rato, concede entrevista coletiva à imprensa em Washington às 9h30 (horário de Brasília). Depois disso, às 12 horas (de Brasília), De Rato fala sobre "passos cruciais na reforma do FMI: tomando pé às vésperas das reuniões anuais em Singapura", durante evento em Washington.

Agencia Estado,

05 de setembro de 2006 | 07h00

Tudo o que sabemos sobre:
agenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.