Meirelles não descarta aumento de IOF e dólar sobe

No mês, a moeda acumula queda de 2,62% e no ano, -1,89%

Rosangela Dolis, da Agência Estado,

28 de setembro de 2010 | 17h20

O dólar comercial fechou hoje com leve alta de 0,06% a R$ 1,71 no mercado interbancário de câmbio. No mês, a moeda acumula queda de 2,62% e no ano, -1,89%. Na BM&F, o dólar à vista fechou a 1,7095 com também com leve ganho de 0,06%. O euro comercial subia 0,74% a R$ 2,322.

Expectativas de que o governo não vai dar espaço para uma valorização do real acima do desejado impuseram certa cautela ao mercado câmbio e o dólar fechou em leve alta, na contramão do exterior, onde a moeda norte-americana se desvalorizou. Apesar de novas captações corporativas estarem no radar, sinalizando aumento da oferta de dólares, o mercado avalia possível redução de fluxo externo para aplicações no País, a partir de declarações do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, hoje, em Londres, de que está em aberto a possibilidade de o Brasil aumentar o IOF sobre capital estrangeiro. Meirelles também lembrou que a estrutura para a atuação do Fundo Soberano do Brasil (FSB) no mercado de câmbio está pronta.

Além disso, o Banco Central voltou hoje a realizar dois leilões de compra da moeda norte-americana. A estratégia, aplicada desde 8 de setembro, havia sido interrompida ontem. No primeiro leilão, entre 12h20 e 12h25, o BC definiu taxa de corte de R$ 1,7098, taxa repetida no segundo leilão, entre 16h16 e 16h21, perto do fechamento dos negócios.

No exterior, o dólar recuou fortemente contra o euro e o iene - dados fracos sobre confiança do consumidor e produção regional nos EUA alimentaram receios sobre uma recuperação lenta da economia do país. Isso elevou expectativas de novas medidas de afrouxamento monetário pelo Federal Reserve (Fed, banco central) nos EUA, o que deprimiu o dólar.

No mercado de Nova York, às 16h50 (Brasília), o dólar caía ante o iene e o euro. Era cotado por 83,87 ienes, ante 84,25 ienes no fim da tarde de ontem. No mesmo horário, o euro valia US$ 1,3589, ante US$ 1,3444 ontem.

Câmbio turismo

Nas operações de câmbio turismo, o dólar fechou em queda de 1,85% e foi negociado em média à R$ 1,803 na ponta de venda e a R$ 1,647 na compra. O euro turismo fechou caiu 1,52% a R$ 2,393 (venda) e R$ 2,243 (compra).

Tudo o que sabemos sobre:
câmbiodólareuroMeirellesIOF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.