Melhora externa leva dólar a fechar a R$ 2,22 (-0,80%)

O dólar comercial encerrou os negócios hoje registrando queda de 0,80%, valendo R$ 2,220 no mercado interbancário. A moeda oscilou entre a mínima de R$ 2,219 e a máxima de R$ 2,235. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar negociado à vista também terminou o dia valendo R$ 2,220 (-0,76%) A elevação dada pela Fitch à classificação de risco soberano do Brasil foi a notícia de destaque da manhã de hoje. A reação do mercado doméstico de câmbio, no entanto, foi tímida, muito diferente do que ocorria tempos atrás, quando os investidores não tinham tantas convicções positivas a respeito dos fundamentos do País. A cotação do dólar acentuou a queda que já mantinha desde a abertura dos negócios após o anúncio, mas sem oscilações expressivas. Na parte da tarde, a moeda norte-americana renovou as cotações mínimas do dia, beneficiada, segundo operadores, pela alta das Bolsas em Nova York e da Bovespa, além do recuo do risco Brasil e de riscos de países emergentes.

Agencia Estado,

28 de junho de 2006 | 16h47

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.