Mercado aguarda definição de taxa de juros dos EUA

São Paulo, 25 de outubro - Os mercados devem operar hoje cautelosos, em compasso de espera pela definição da nova taxa básica de juros norte-americana, que será divulgada à tarde. A expectativa consensual é de que a taxa seja mantida em 5,25% ao ano. O mercado não tem clareza, contudo, do teor do comunicado que acompanha a divulgação da taxa (elaborado pelo banco central dos EUA). Ele pode apontar um BC mais agressivo no combate à inflação, o que tende a influenciar as bolsas. EUA/Juros - O Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) encerra sua reunião e divulga a taxa básica de juros norte-americana. O horário habitual para o anúncio das decisões de política monetária é 15h15 (horário de Brasília). O mercado acredita que a taxa ficará em 5,25% ao ano, mesma taxa atual. EUA/Indústria - O Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de Chicago divulga às 11 horas (horário de Brasília) o índice de atividade industrial nacional de setembro. EUA/Imóveis - A Associação Nacional dos Corretores de Imóveis divulga às 11 horas (horário de Brasília) os dados de vendas de residências usadas em setembro nos Estados Unidos. EUA/Petróleo - Às 11h30 (horário de Brasília), o American Petroleum Institute (API) e o Departamento de Energia (DoE) divulgam suas estimativas sobre o nível dos estoques norte-americanos de petróleo bruto e derivados na semana até 20 de outubro. EUA/Balanços - As empresas norte-americanas Anheuser-Busch, Boeing, Cirrus Logic, Colgate-Palmolive, Estee Lauder, General Motors, ImClone Systems, Johnson Controls, LSI Logic, Monster Worldwide, Pulte Homes, Reynolds American, Timken, Trident Microsystems e Unisys divulgam seus balanços do terceiro trimestre de 2006.

Agencia Estado,

25 de outubro de 2006 | 07h00

Tudo o que sabemos sobre:
agenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.