Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Mercado de capitalização fecha julho com reserva de R$ 10,9 bi

O mercado de títulos de capitalização fechou julho com R$ 10,9 bilhões em reservas, crescimento de 9,76% em relação ao mesmo período de 2005. O faturamento acumulado até o sétimo mês do ano é de R$ 3,9 bilhões, o que representa expansão de 2,26% na comparação com igual período do ano passado. Na classificação nacional, São Paulo mantém a primeira colocação em capitalização, com R$ R$ 1,4 bilhão de faturamento até julho e 37,3% de participação no segmento. O Rio de Janeiro está na segunda posição, com R$ 424,1 milhões de receita e 10,7% de presença. Minas Gerais ocupa o terceiro lugar, com R$ 353,2 milhões e fatia de 8,9% do mercado. Para Rita Batista, presidente da Comissão de Capitalização da Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e Capitalização (Fenaseg), a opção pela capitalização está ligada ao perfil do poupador. "Muitas vezes, essa é a única forma de guardar dinheiro de um público sem acesso a bancos, financiamentos, pertencente à economia informal", diz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.