Mercado de juros fica cauteloso na véspera do feriado

Se os investidores já tendiam a adotar posições defensivas nesta quinta-feira, em razão do feriado da Páscoa que se inicia amanhã, hoje ganharam mais um motivo forte: o juro do título de 10 anos do Tesouro norte-americano rompeu os 5%, mais cedo, e oscila em torno deste patamar. Esse nível não era alcançado desde junho de 2002. Os juros dos títulos americanos, voláteis em razão das especulações em torno da continuidade do aperto monetário nos EUA, têm influenciado os negócios aqui, assim como o petróleo. No início da manhã, a commodity estava em queda de 0,76% na Nymex eletrônica, com o contrato para entrega em maio cotado a US$ 68,10 o barril. "Não é um nível confortável", disse um operador. "Qualquer espirro rompe os US$ 70,00." Ao longo desta sexta-feira, o mercado deve operar olhando o cenário externo e com tendência a assumir posições defensivas, disseram operadores. Amanhã, vale lembrar, apesar do feriado haverá a divulgação do dado da produção industrial dos EUA em março, bem como a taxa de utilização da capacidade instalada. Ninguém quer ficar desprevenido, ante dados tão importantes da atividade econômica norte-americana e que podem ter impacto nos juros dos títulos do Tesouro dos EUA. Às 9h45, no pregão de Depósitos Interfinanceiros (DI) futuro da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), a taxa projetada pelo vencimento dos contratos de janeiro de 2008 estava em 14,64%, ante fechamento igual ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.