Mercado está mais otimista sobre Ibovespa

Entre 25 participantes, 64,00% acreditam em alta; 20,00% veem estabilidade; e 16,00%, queda

Broadcast

12 Maio 2018 | 04h00

Cresceu a percepção positiva do mercado financeiro sobre o desempenho do Ibovespa na próxima semana. Como mostra o Termômetro Broadcast Bolsa, entre 25 participantes, 64,00% acreditam em alta; 20,00% veem estabilidade; e 16,00%, queda. Na edição anterior, para 59,26% dos que responderam o questionário a expectativa era de ganho; 11,11% viam estabilidade; e 29,63%, baixa. A Bolsa acumulou valorização de 2,53% esta semana.

A pesquisa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. 

Entre 14 e 18 de maio, o destaque da agenda nacional é a decisão de política monetária do Banco Central na quarta-feira, que deve reduzir a taxa básica de juros, a Selic, em 0,25 ponto porcentual, para 6,25%, um novo piso histórico. "Acreditamos que as condições correntes da atividade e inflação continuam prescrevendo novo corte da taxa básica de juros, ainda que o balanço de riscos para a inflação tenha piorado nas últimas semanas com a desvalorização cambial", afirma o Bradesco. Outros indicadores programados para os próximos dias são dados do setor de serviços, Pnad Contínua e o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br). 

As atenções estarão ainda voltadas à divulgação da pesquisa CNT/MDA sobre as intenções de voto para a Presidência.

Na quarta-feira, os negócios com ações podem também ser influenciados pelo exercício de opções sobre Ibovespa. E a temporada de divulgação de balanços entra em sua reta final, com Bradespar, JBS, Marfrig, Eletrobras, Oi, entre outros.

Ainda na semana que vem, é grande a expectativa pelo fechamento de um acordo entre a União e a Petrobras, com relação à cessão onerosa. O presidente da companhia, Pedro Parente, se disse otimista sobre um acerto entre as partes até dia 17 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.