Mercado está mais pessimista sobre rumo do Ibovespa

Entre 28 participantes, 35,71% veem queda para o índice no período entre 21 e 25 de maio, 46,43% esperam alta e 17,86% esperam estabilidade

Broadcast

19 Maio 2018 | 04h00

Aumentou o pessimismo do mercado financeiro sobre o desempenho do Ibovespa na próxima semana, como mostra o Termômetro Broadcast Bolsa. Entre 28 participantes, 35,71% veem queda para o índice no período entre 21 e 25 de maio, porcentual que é o dobro dos 16,00% visto na pesquisa anterior. A fatia dos que esperam avanço ainda é majoritária, mas recuou de 64,00% para 46,43%. Os que esperam estabilidade são 17,86% do universo das respostas, ante 20,00% no Termômetro anterior. O Ibovespa apurou perda semanal de 2,51%.

A pesquisa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do Ibovespa na semana seguinte. 

A ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, na terça-feira, é o destaque da agenda. O documento é aguardado com grande expectativa, após a decisão de manter a Selic, a taxa básica de juros, em 6,50% ter contrariado boa parte das apostas. Entre os indicadores, as atenções estarão sobre o IPCA-15 de maio e a Nota do Setor Externo do Banco Central, referente a abril.

A negociação do processo de revisão do contrato de cessão onerosa de áreas do pré-sal da Bacia de Santos também é tema de interesse dos investidores, dado seu potencial de influência nas ações da Petrobrás. Nesta semana, o Ministério da Fazenda informou que a comissão para discutir um acordo concluiu os trabalhos, mas que a União fará uma consulta jurídica a órgãos do governo, antes de retomar as negociações com a estatal. 

No exterior, será publicada, na quarta-feira, a ata da reunião de política monetária do Federal Reserve, que pode dar pistas sobre o plano de voo do banco central americano, em especial sobre se em 2018 serão três ou quatro elevações de juros. Na sexta-feira, o presidente da instituição, Jerome Powell, fará discurso. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.