Mercado europeu sobe após balanço positivo do Barclays e dados dos EUA

Índice FTSEurofirst 300 avançou 0,96%, fechando a sessão aos 1.001 pontos, seu fechamento mais alto desde 3 de fevereiro

Reuters,

16 de fevereiro de 2010 | 15h42

O mercado de ações europeu avançou nesta terça-feira, 16, com o banco britânico Barclays liderando a alta dos bancos após abrir a temporada de balanços na Grã-Bretanha com resultados acima das expectativas.

 

As ações do setor de commodities subiram com os preços de metais e petróleo bruto, amparados por dados de atividade manufatureira dos Estados Unidos.

 

O índice FTSEurofirst 300 avançou 0,96%, fechando a sessão aos 1.001 pontos, seu fechamento mais alto desde 3 de fevereiro.

 

O índice caiu 4,2% neste ano devido, em parte, às preocupações em relação ao déficit da Grécia, mas está em alta superior a 55% sobre a mínima histórica atingida em 9 de março de 2009.

 

"O vento cíclico ainda está intacto, com um bom apoio de dados econômicos, assim como de resultados de empresas", disse o estrategista da UniCredit Group, Tammo Greetfeld. "Mas há um risco baixista em relação a como os problemas de déficit da Grécia irão evoluir".

 

O setor bancário foi o que mais sustentou a alta do índice. O Barclays saltou 6,8% após afirmar que começou o ano bem, superando expectativas, com um lucro de 11,6 bilhões de libras (US$ 18,2 bilhões) em 2009.

 

Credit Suisse, Deutsche Bank, HSBC, Lloyds and Société Générale subiram entre 1,6% e 5%.Em Londres, o índice Financial Times fechou em alta de 1,48%, a 5.244 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX subiu 1,47%, para 5.592 pontos.Em Paris, o índice CAC-40 avançou 1,66%, para 3.669 pontos.

 

Em Milão, o índice Ftse/Mib encerrou em alta de 0,79%, a 21.289 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 registrou valorização de 0,97%, para 10.393 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 teve variação positiva de 0,43%, para 7.539 pontos.

 

(Reportagem de Brian Gorman)

Tudo o que sabemos sobre:
mercados, Europa, Barclays, balanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.